As tendências na Decoração

22 Aug 2017

A ler na edição de Agosto na Revista Publituris, um dossier sobre Mobiliário e Decoração sobre novas tendências e os produtos de algumas marcas, onde se refere que a decoração num Hotel deixou de ser uma questão de apenas imagem, para assumir relevância também no modelo de negócios.

 

Tive o prazer de ser convidada a participar e aproveitei o momento para expor ideias que tenho como muito certas, sobre a relação entre Hotelaria, Modelos de Negócio, Inovação, Perfis e Design de Interiores.

 

 

Para quem não adquiriu a revista, partilho o que escrevi:

 

"A decoração ou o design de interiores engloba uma indústria que cria muitíssimo valor para a indústria da hotelaria. Por esta razão deixou de ser uma atividade de embelezamento apenas para se transformar numa atividade intimamente ligada ao modelo de negócio de cada formato hoteleiro, de modo a que através do conceito, materiais de revestimento, peças decorativas e acessórios potenciem a experiência que se pretende que seja unica em cada unidade.

Assim a decoração assenta na personalização do produto de modo a criar experiências únicas para os seus turistas de viagem lazer como de cariz profissional, contrapondo um pouco ao modelo anterior, onde o turista ao viajar por várias locais turísticos se viajasse pela mesma cadeia de hotel a proposta de qualidade e decoração seria sempre a mesma.

 

Uma vez que os desejos se alteraram, querendo agora os turistas viver experiências locais, únicas, inesquecíveis a decoração acompanha essa tendência. Os Hostals, as casas de short rent e agora finalmente algumas unidades de cadeias hoteleiras são decoradas com cores, produtos e serviços locais, diferentes de região para região, que assenta normalmente em conceitos típicos, mas universais e com um carácter sustentável muito acentuados. 

Hoje uma decoração de sucesso assenta na definição e caracterização dos perfis de turistas a que se destina. Depois de realizada essa identificação e de muito bem identificada a proposta de valor que o hoteleiro quer explorar, a decoração torna-se numa extensão do seu modelo de negócio. Esses perfis, podendo dizer-se que se diferenciam em cinco grandes categorias – Lifelike, ClassicLike, Tecnolike, EcleticLike, UrbanLike, podem transformar-se em milhares de milhentas de propostas de design, tendo em conta que a partir de uma ideia (relacionada com cada perfil), se podem criar imensíssimas decorações diferentes apreciadas e associadas a cada perfil, desde que se respeite as preferencias das linhas orientadoras de cada um.", Publituris, ed Agosto 2017

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

Porque #PortugalFazBem

9 Nov 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

November 9, 2019